Baía de Sepetiba: publicação do Pacs discute modelo de desenvolvimento e perspectivas

O Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (Pacs) convida para o coquetel de lançamento da publicação “Baía de Sepetiba: fronteira do desenvolvimento e os limites para a construção de alternativas” nesta quarta-feira (30/09), às 18h30, no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro. A publicação é de distribuição gratuita.

A publicação inova ao apresentar informações sobre os diferentes projetos previstos para a Baía de Sepetiba, em especial os relacionados à expansão das atividades do pré-sal, aliadas a uma reflexão crítica sobre o modelo de desenvolvimento predatório que vem sendo implantado na região. O objetivo é romper a desinformação a respeito dos megaempreendimentos pensados para a Baía de Sepetiba e questionar o simplismo do discurso desenvolvimentista que coloca esses planos como o único caminho de possível econômico para a região.

A pesquisa revela que a lógica do território da Baía de Sepetiba vem se submetendo à lógica do processo de industrialização deste território, intensificado há dez anos a partir da instalação de projetos industriais e portuários/logísticos, em especial da TKCSA. Deixando de fora a opinião da população local, tais projetos foram justificados unicamente pelas promessas de desenvolvimento construídas em torno da conquista e exploração da Amazônia Azul brasileira.

Uma das principais perguntas lançadas pela pesquisa, portanto, é saber se será possível compatibilizar os projetos de vida da população local com os planos previstos para a região e a magnitude dos impactos sociais e ambientais negativos que indústrias, portos e exploração do pré-sal produzem para a região. Como pode avançar o debate sobre “alternativas” se, de antemão, e à margem do amplo debate público, estes projetos aparecem como imposição de um fato consumado e como a única alternativa viável?

Serviço
Coquetel de lançamento da publicação “Baía de Sepetiba: fronteira do desenvolvimento e os limites para a construção de alternativas”
[A publicação é de distribuição gratuita]

Data e horário: 30/09 (quarta-feira), às 18h30
Local: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro
(Rua Evaristo da Veiga, 16/17º andar. Próximo ao metrô da Cinelândia. Rio de Janeiro)

3 comentários sobre “Baía de Sepetiba: publicação do Pacs discute modelo de desenvolvimento e perspectivas

  1. Parabéns pela iniciativa. Que os resultados sejam os esperados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 2 =