Jovens demandam mais rigor na fiscalização ambiental em Santa Cruz

Jovens do Coletivo Martha Trindade, de Santa Cruz, vão nesta quinta-feira (26/10), a partir das 10h30, à Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) entregar aos deputados estaduais o relatório Vigilância Popular em Saúde e Ambiente em áreas próximas de Complexos Siderúrgicos. O estudo, produzido a partir das medições feitas por jovens de Santa Cruz, no Rio, e Piquiá de Baixo, em Açailândia (MA), apontaram concentrações médias anuais de poluição do ar até três vezes superiores do que recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS), de 10 µg/m3 (micrograma por metro cúbico).

Para a manhã desta quinta (26/10), estão agendados encontros com os deputados Eliomar Coelho e Marcelo Freixo. O relatório será entregue no gabinete de todos os deputados e deputadas interessados/as em receber os jovens.

O objetivo da visita é discutir com deputados e deputadas estratégias para cobrança mais rigorosa do monitoramento do licenciamento ambiental em Santa Cruz, comunidade impactada pela siderúrgica TKCSA, recentemente vendida ao grupo Ternium, especialmente no que diz respeito à qualidade do ar à adequação das políticas de saúde no bairro. É de conhecimento público que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão ambiental responsável pela avaliação da qualidade do ar terceiriza o serviço de monitoramento ambiental às próprias fontes poluidoras, como no caso da Ternium em Santa Cruz.

Leia a íntegra do relatório, produzido pelos jovens em parceria com o Instituto Pacs e a rede Justiça nos Trilhos, com apoio técnico da Fiocruz:

 

Vigilância Popular em Saúde na Mídia

 

Jornal O Dia 15/10/17, página 18

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conexão Futura: Iniciativa reúne jovens para monitorar a qualidade do ar dos lugares em que vivem

Assista ao programa aqui:

http://www.futuraplay.org/video/iniciativa-reune-jovens-para-monitorar-a-qualidade-do-ar-dos-lugares-em-que-vivem/388638/

Saiba mais sobre a Vigilância Popular em Saúde

Pesquisa realizada por jovens de Santa Cruz e Piquiá encontra níveis de poluição acima do que recomenda a OMS

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 2 =