Áreas Temáticas

Dívidas e Instituições financeiras

A crítica às arquiteturas financeiras globais que sustentam o modelo hegemônico de desenvolvimento global – injusto e centrado no lucro – é uma tônica do trabalho do Instituto PACS, desde o seu surgimento, em 1986. A compreensão do comportamento das instituições financeiras multilaterais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial  e, a nível regional, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), orienta a análise sobre os rumos das políticas públicas em geral, como as prioridades a serem definidas e o público a ser atingido.

Assim, chegamos a uma atuação política local, regional, nacional e internacional no tema da Dívida Pública. As dívidas externa e interna são consideradas uma temática central para entender de que forma se dá a transferência de riqueza dos povos do sul global para o norte global – do povo empobrecido para aqueles 1% que detém mais da metade da riqueza mundial. Dessa forma, esse campo de estudo e de militância é tema transversal de outras áreas de atuação do PACS.

Nessa esteira, o Instituto busca rastrear os vínculos entre dívidas e instituições financeiras e a conexão de ambos com o modelo socioeconômico de desenvolvimento capitalista estruturado sob o patriarcado e o racismo.